Café #SímbolodaAmizade, o bom é compartilhar!

PARTICIPE

Compartilhe uma história que você participou ou ouviu em um momento de café

Envie para sabordahistoria@gmail.com

quarta-feira, 28 de setembro de 2016

Sabor da História - O Valor de Bons Exemplos


Em 2012 fizemos uma publicação com o título "Simplicidade no Cultivo", mencionando o prazer que muitas pessoas tem de cultivar o café no próprio quintal, executando assim todo ciclo, desde a colheita, secagem e torra. As fotos foram feitas na casa de um amigo em especial do Sabor da História, mas infelizmente 1 ano mais tarde veio a nos deixar, porém grandes homens antes de partir, deixam muitas histórias e bons exemplos. Nesse caso o saudoso seu João, nos deixou uma muda de pé de café, tirada do seu quintal mesmo, e hoje, 3 anos após seu falecimento, essa muda mostra a importância de deixarmos boas sementes. Ela começou a florir, ainda tímida, mas com o encanto e perfume que só a flor do café tem! Agora a pergunta que fica é: O que vamos deixar para o Futuro? O Sr. João ensinou que existem diversas maneiras e modos de cultivo, e quando é feito com amor, tudo fica melhor, até mesmo "café de fundo de quintal!"


 Fonte: Sabor da História - Café de fundo de quintal e Simplicidade no Cultivo 

Fotos: Sabor da História

segunda-feira, 26 de setembro de 2016

Sabor da História - Mural da rotatória do PAM em Mandaguari-PR


Seguindo a linha de influência da cultura cafeeira exerceu no progresso de muitas cidades no Norte Pioneiro do Paraná, temos a cidade de Mandaguari (79), localizada no norte central do estado, onde observamos o respeito e homenagem ao fruto em um mural de 2012, logo na entrada da cidade, na rotatória do PAM - Pronto Atendimento Municipal.
Segundo informações disponíveis na internet, foi realizado um concurso cultural com as escolas municipais, onde deveriam realizar um desenho aplicando as características observadas pela óptica das crianças. Porem o desenho vencedor, denominado "Rainha dos Cafezais" da Escola Municipal Professora Yolanda Cercal, acabou não sendo replicado na obra. A engenheira responsável pelo projeto arquitetônico, informou que nenhum dos trabalhos estavam aptos a serem confeccionados com o assentamento de pastilhas de vidro (técnica para criação de mosaico - arte decorativa). Também mencionou que lembra que o trabalho vencedor era repleto de elementos, mas o espaço para aplicar a ilustração era pequeno e curvo, impedindo o trabalho. Contou que ouviu dizer que o desenho seria contemplado em outra obra, cujo a técnica seria diferente.













Além do café, outro elemento que compõem tanto o mural da rotatória, como o trabalho da escola Yolanda Cercal é abelha, pois o nome de Mandaguari, pode ter sido escolhido devido a presença na região de muitas dessas abelhas com o mesmo nome, ou por causa de um ribeirão que fazia a divisão das terras.


O cultivo de café é ainda forte na cidade, sendo referência também de qualidade no senário nacional, com seu café premiado diversas vezes.

Infelizmente Sabor da História não conseguiu mais informações em relação aos alunos que participaram da criação do trabalho, mas sempre é possível uma nova postagem com novos fatos. Envie email para nós sabordahistoria@gmail.com.


Fotos: Sabor da História